Deslizamento Sapatos De Respirável Marrom Outdoor Sandálias Glter Homens Verão Praia De Chinelos Em Casuais aw8HxYZ

Ir para página inicial
Luanda

Max: 36°

Min: 25°

Deslizamento Sapatos De Respirável Marrom Outdoor Sandálias Glter Homens Verão Praia De Chinelos Em Casuais aw8HxYZ Deslizamento Sapatos De Respirável Marrom Outdoor Sandálias Glter Homens Verão Praia De Chinelos Em Casuais aw8HxYZ Deslizamento Sapatos De Respirável Marrom Outdoor Sandálias Glter Homens Verão Praia De Chinelos Em Casuais aw8HxYZ Deslizamento Sapatos De Respirável Marrom Outdoor Sandálias Glter Homens Verão Praia De Chinelos Em Casuais aw8HxYZ

Página Inicial » Notícias » Sapatos Praia Chinelos Glter Marrom Outdoor Verão Em Sandálias Homens Deslizamento De Casuais Respirável De Educação

28 Fevereiro de 2013 | 16h39 - Actualizado em 28 Fevereiro de 2013 | 16h39

Laboratório Tectónico Salífero pode criar lucros para o país

Inauguração

  • Em Homens Praia Casuais De Deslizamento Chinelos Glter Outdoor De Respirável Sandálias Verão Sapatos Marrom

Envia por email

Respirável Glter Outdoor Sapatos Verão De Casuais Chinelos Homens Deslizamento De Praia Em Marrom Sandálias Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Deslizamento De Homens De Sapatos Praia Casuais Glter Chinelos Verão Sandálias Outdoor Em Respirável Marrom

Luanda – O laboratório Tectónico Salífero, inaugurado hoje, em Luanda, no Campus Universitário, vai servir para criar lucros para a economia do país, em função do estudo da sísmica (natureza), tendo em conta os resultados a serem obtidas pelo trabalho dos estudantes, considerou hoje, quinta-feira, em Luanda, secretário de Estado do Ensino Superior, António Miguel André.

O responsável, que falava à margem da inauguração do laboratório, manifestou-se satisfeito pelo feito, pois desempenhará um papel fundamental no ensino e aprendizagem da sísmica, propiciando uma melhor exploração no domínio petrolífero, fundamental para a economia do país.

Para o responsável, a instituição do ensino superior tem a missão de ensinar, pesquisar e de apoiar a comunidade, acrescentando que a investigação científica aparece aqui como uma virtude extraordinária.

Disse, por outro lado, que a existência de laboratórios do género faz com que os professores investiguem mais e vão em busca de outras referências bibliográficas e comecem a exigir cada vez mais das instituições universitárias.

Por seu turno, o director da empresa patrocinadora do laboratório Statoil, Steinar Pollen, ao discursar no acto, disse que a sua empresa, que opera em Angola há mais de 20 anos, tem como objectivo desenvolver aptidões e competências locais para contribuir no aumento de quadros qualificados.

Referiu ainda que tem a Universidade Agostinho Neto como parceira, iniciando em 2007 com o projecto Iniciativa de Educação Superior Angolana/Norueguesa), que decorre em cooperação com a Universidade Técnica da Noruega e que visa desenvolver um adequado padrão de ensino superior e de pessoal docente na Universidade Agostinho Neto.

Quanto ao objectivo da doação do laboratório tectónico salífero, Steinar Pollen, disse ser para continuar a pesquisa de tecnologia ao mais alto nível da tecnologia salífera na Universidade Agostinho Neto, partilhar e difundir conhecimento entre a industria e a academia, bem como fortalecer a colaboração Statoil/UAN.

“Iremos apoiar a manutenção e os custos do laboratório nos próximos três anos, pois a tecnologia e a competência para o uso de tecnologia foi sempre uma vertente importante da identidade da Statoil”, frisou.